Carta de Motivação para um Emprego – Guia CompiladoCarta de Motivação para um Emprego – Guia Compilado
Entrevista de Emprego em um Banco — Entrevista de emprego para um banco de A a ZEntrevista de Emprego em um Banco — Entrevista de emprego para um banco de A a Z

Perguntas durante uma Entrevista de Emprego – O que está por trás das perguntas durante a entrevista de emprego?

Line Spacing+- AFont Size+- Print This Article
Perguntas durante uma Entrevista de Emprego – O que está por trás das perguntas durante a entrevista de emprego?

Perguntas durante uma entrevista de emprego – O que está por trás das perguntas durante a entrevista de emprego?

Pergunta 1: Fale sobre os seus defeitos

Alguns, após uma boa proposta, caem no comodismo. Eles tentam convencer o entrevistador que toda a sua vida é feita de sucessos, outros tentam parecer sérios, lembrando toda a sua vida, lembrando-se do casamento ou do país em que ele estava destinado a nascer. Mas para o entrevistador, antes de tudo, é importante não apenas enumerar as situações em que você teve seus fiascos, mas lembrar de como você avaliou esse defeito, se foi apto para falar dele e que lição de superação tomou dessa dificuldade. Nenhum de nós está livre de defeitos, cada um, e nessa lista a pessoa sentada em frente a você, tiveram os seus sucessos e derrotas. E o valor da experiência de vida não está na quantidade de anos que você se dedicou ao dever, mas na habilidade de “levantar-se” após as falhas e seguir adiante após os erros e razoabilidade das decisões e da habilidade de não pisar na mesma casca de banana. Só uma pessoa apta a reconhecer e aprender com os seus erros pode seguir em frente.

Pergunta 2: Fale de seus pontos fortes e fracos

Mais uma pergunta que para muitos é uma pedra no caminho. Nos guias para aqueles que procuram emprego, propõe-se apresentar os seus pontos fracos como uma continuação dos fortes, por exemplo, propõe-se falar ao empregador sobre como você não pode proceder nos negócios e sair na hora do trabalho, isso está acima de suas forças.

Se você responder a essa pergunta como ela está escrita, você certamente vai demonstrar um bom conhecimento da literatura acerca dessa questão, uma boa memória e, ao mesmo tempo, rigidez absoluta, incapacidade de “criativamente” para processar o material lido. Não se esqueça de que os RHs também leem livros, e se eles parecem a você pessoas estúpidas, capazes de “engolir” qualquer informação, você se engana. Por trás dessa pergunta se esconde não apenas o desejo de se saber efetivamente sobre as suas qualidades positivas e negativas, mas sobre a habilidade de se abrir, a capacidade de responder a perguntas incômodas, sobre confiança em si. Não crie rótulos, cada um de nós tem muitos defeitos, “faz parte da vida” alguém perder a eficiência sob as vistas de detratores, alguns não conseguem manter a rotina de trabalho, e muitos de nós tem dificuldade para acordar de manhã e chegar ao trabalho na hora. Pense sobre o que efetivamente causa problemas a você e não tenha medo de se abrir. Porque só uma pessoa confiante pode falar de suas falhas e não temer pela sua reputação.

Pergunta 3: Como você se enxerga dentro de 5 anos

A pergunta, antes de tudo, não é sobre conquistas na carreira, mas sobre a capacidade de enxergar perspectivas, entender como você pode alcançar seus objetivos, motivos internos, capacidade de planejar a própria vida e ver os resultados intermediários. Dependendo do que você está dizendo, não é difícil entender como objetivamente você trata a si mesmo como um profissional, se você tem interesse na profissão ou se você se interessa mais por um posto de carreira, o quanto você pode combinar o seu desenvolvimento pessoal e a promoção.

Pergunta 4: Sua vida pessoal

De algum modo, todas as perguntas feitas nesse campo causam um grande embaraço. E o que é melhor, ser casado ou não, ter filhos ou não, que status marital é vantajoso? Pode-se discutir isso indefinidamente, mas você tem seu status familiar que tem, e não se espera que você o modifique de acordo com os desejos do empregador. Na maioria dos casos essas perguntas não visam penetrar nos mistérios da sua vida pessoal, mas, antecipadamente, entender até que ponto você pode falar da sua vida pessoal com uma pessoa desconhecida. O quanto você é aberto e como você protege os limites do seu “eu”, se você é suficientemente independente e autônomo, se fala do que nos preocupa ou tenta sair de conversas sobre temas pessoais. E se você prefere não divulgar a sua vida pessoal, o quão delicadamente você pode fazê-lo.

Perguntas durante a entrevista de emprego

Como arranjar trabalho como garçom?

Como arranjar trabalho como garçom?

Como arranjar trabalho como garçom? Em primeiro lugar é preciso encontrar um restaurante ou café que satisfaz você em todos os parâmetros: localização, nível do ambiente, horário proposto, cozinha, visitantes e [...]